Olá Mundo!

Este post é tanto para testar essa nova parte de posts do meu site, quanto para anunciar este site que eu estou criando. Tudo na página é gerado através de scripts de shell que eu escrevi para facilitar minha vida.

Basicamente, o meu plano era criar uma página em jekyll, que é o programa mais utilizado para fazer estas páginas de GitHub. Porém ao tentar usá-lo eu percebi que teria que baixar novos pacotes (gems) do Ruby, bem como atualizar os que já tinha. Ok, tudo bem, então vou lá e atualizo. Porém quando tento rodar o jekyll me surge um problema de conflito nas dependências. Ok, pelo que vi, para solucionar o problema preciso mudar a Gemfile para baixar o jekyll a partir do GitHub.

Nisso me veio o pensamento: eu realmente preciso ficar baixando programas pesados, cheios de dependências, para usar fazer uma simples página de HTML e CSS? Sério? Sejamos sinceros, não existe página de internet escrita em Ruby; não existe página de internet escrita em Python. O seu navegador só lê HTML e CSS, e esses programas são intermediários pesados e cheios de dependência, mas no fim das contas eles só te dão um par de páginas HTML e CSS.

Então eu resolvi fazer minha página do meu próprio jeito. Sem ficar dependendo de programas pesados cheios de pacotes. Aqui eu só escrevo os pedaços das páginas em HTML, e junto elas usando alguns shell scripts que escrevi, usando programas bem comuns do GNU (como grep, sed, etc). Esses códigos são leves e me dão os mesmos recursos de simplicidade e automação que levaria alguém a querer usar o jekyll. Shell scripts rodam em qualquer computador baseado em Unix do mundo, incluindo: Linux, Mac, Android, FreeBSD, entre outros. Hoje em dia também é muito fácil rodar shell script no Windows.

De forma resumida, o sistema que criei consiste em:

Desse jeito, tudo fica sob meu controle. É mais trabalhoso no começo pra fazer tudo funcionar, mas no fim eu acho que está valendo a pena. Porque eu não preciso depender de nada para ter um recurso no meu site. Eu simplesmente programo ele para fazer o que eu quero que faça.

De perspectivas futuras, eu pretendo em breve também criar um feed RSS com estes posts, para quem quiser acompanhar. Pretendo deixar o repositório aberto também, para qualquer um poder ler e usar os códigos que criei, caso deseje.